RURAL – Agronegócio lamenta morte de Breno Prates

Prates foi fundador e primeiro presidente da Associação dos Arrozeiros de Alegrete e da Federarroz

Breno Prates foi integrante do Conselho Deliberativo do Irga

Breno Prates foi integrante do Conselho Deliberativo do Irga | Foto: Arquivo/Irga

O produtor rural e empresário Breno Pinheiro Prates faleceu nesta quinta-feira, aos 81 anos. Conhecido por sua atuação no setor orizícola, Prates foi fundador e primeiro presidente da Associação dos Arrozeiros de Alegrete e da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz). Ele foi um dos idealizadores da primeira Abertura Oficial da Colheita do Arroz, realizada em 1988, em Alegrete.

Entidades e personalidades do setor lamentaram a morte. O presidente da Farsul, Gedeão Pereira, ressaltou que Prates foi homenageado em 2019 pela Comissão do Arroz com o Troféu Solução.  "Liderança notória do setor rural, é reconhecido pelo trabalho em defesa do agronegócio, sobretudo da classe arrozeira", resumiu o dirigente.  O Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), onde Prates atuou como conselheiro, divulgou nota manifestando condolências à família.

A Federarroz destacou, em nota, que ele foi "um líder visionário que lutou com muita determinação pelo reconhecimento da classe arrozeira, trabalhando em épocas difíceis no enfrentamento de questões importantes para o setor". Segundo o presidente da Federarroz, Alexandre Velho, Prates sempre prezou pelo diálogo e foi um guerreiro "em busca dos anseios da lavoura arrozeira", mostrando-se prestativo e disponível a aconselhar a atual diretoria da federação.

A cerimônia de cremação ocorre nesta sexta-feira, em Porto Alegre.

Correio do Povo

Fonte : Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *