RS terá R$ 6 milhões para calcário

Um ano após ter sido anunciado pelo governo, o Programa de Recuperação de Solo está perto de sair do papel. O lançamento deve ocorrer até o final deste mês, em Barros Cassal. O martelo foi batido ontem, após reunião entre o governador Tarso Genro e o secretário da Agricultura, Luiz Fernando Mainardi. O investimento será de R$ 6,145 milhões, com contrapartida igual por parte dos municípios e produtores para transporte e distribuição do calcário. Com o objetivo de corrigir a acidez de 50 mil hectares e ampliar de 30% a 80% a produtividade das áreas, serão fornecidas 154,5 mil toneladas para 10,3 mil agricultores familiares de 103 municípios. Cada produtor receberá 15 t, o que seria suficiente para aplicar em 4 ha. Segundo Mainardi, os beneficiados (cem por cidade) serão definidos pelos Conselhos Municipais de Desenvolvimento Rural. "Esperamos que o produtor amplie sua renda", avalia. Agora, a data de lançamento depende da agenda do governador. Barros Cassal foi escolhido como palco da assinatura do convênio pelo fato de ter partido de lá o pedido que deu origem ao programa.
Inicialmente, o projeto previa investimento de R$ 30 milhões para a correção de até 100 mil ha com o uso de 500 mil t de calcário, o que beneficiaria 20 mil agricultores. Contudo, os planos da Secretaria da Agricultura de obter verba junto ao Ministério da Agricultura não prosperaram.
Contudo, em janeiro, o Mapa realizou convênio diretamente com 30 municípios para repasse de R$ 3 milhões para calcário. O secretário da Agricultura não desistiu de ampliar a abrangência do programa e irá seguir pleiteando recursos.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *