RS está livre da doença há duas décadas

O Rio Grande do Sul faz parte da zona livre de peste suína clássica desde 1991, tendo suspendido a vacinação contra a doença em 1992. Para que seja possível alcançar a certificação da OIE, é preciso haver um alinhamento na documentação entregue pelos estados. ‘Acima de tudo, é preciso fazer com que Brasília busque este caminho’, sugere o chefe da Divisão de Defesa Agropecuária do Mapa/RS, Bernardo Todeschini. No RS, o Programa Nacional de Sanidade Suína, que controla a doença e outras enfermidades, tem mais de 20 anos. Para avançar na condição sanitária do rebanho, o RS precisa, além de manter vigilância apurada, identificar pontos críticos de controle, além de compilar os dados e enviar para Brasília.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *