RS: Arrozeiros prejudicados não obtêm resposta sobre financiamento

Perdas, segundo a Federarroz, já chegam a 1,5 milhão de toneladas, cerca de R$ 900 mil.

Em mais uma reunião, os representantes da Federação das Associações dos Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz) saíram de Brasília nesta quinta, dia 22, sem resposta sobre a liberação de financiamento emergencial para os produtores prejudicados pelas chuvas.

buying drugs online without prescription brand name cialis align=”justify”>As perdas, segundo a Federarroz, já chegam a 1,5 milhão de toneladas, cerca de R$ 900 mil. O plano elaborado pelo setor e recomendado pelo Ministério da Agricultura pede R$ 203 milhões divididos em duas linhas de crédito. Porém, falta ainda o posicionamento do Ministério da Fazenda. O encontro desta quinta foi na Casa Civil.

— Nos prometeram uma resposta para daqui uns dias, após reunião com a Agricultura e Fazenda. A partir desse momento, não somos responsáveis pelos produtores que querem tomar atitudes mais radicais de protesto — disse o presidente da Federarroz, Renato Rocha.

A Casa Civil informou que as propostas estão sendo analisadas.

Fonte: Canal Rural