Rodada de negócios potencializa oportunidades de comercialização

Rodada de negócios potencializa oportunidades de comercialização

Foto: Albino Oliveira/MDA

De um lado, agroindústrias familiares que buscam ampliar mercados. Do outro, potenciais compradores. Este foi o cenário no auditório do pavilhão da agricultura familiar, na Expointer, na tarde desta terça-feira (27). A rodada de negócios, promovida pelo Governo Federal, governo do estado e Sebrae, reuniu 12 representantes de hotéis, bares e restaurantes e de 30 agroindústrias familiares, para promover parcerias. O encontro resultou numa perspectiva de vendas de R$ 80 mil.

“Ano que vem Porto Alegre será uma das cidades sedes da Copa do Mundo. A ideia é que estes produtos da agricultura familiar possam ser inseridos neste circuito. E a medida que eles já estão no mercado, aumenta a possibilidade de fecharem novos negócios”, explica Elisandra Duarte, economista da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) do Rio Grande do Sul.

Daniela Craidy,  sócia do Iaiá Bistrô, restaurante de comidas típicas brasileira na Zona Sul de Porto Alegre, foi uma das participantes. Para ela, a iniciativa foi uma oportunidade para conhecer os produtos da agricultura familiar, dos quais gostou muito. “Eles estão cada vez mais organizados, com condições realmente de fornecimento de produtos de qualidade e de forma contínua”, pontua.

Do outro lado da mesa, o representante comercial da agroindústria Di Crezzzo, produtora de sucos e geleias também está animado. A agroindústria, criada em 2010, tem grande potencial de crescimento e fornecimento, conforme explica o dono do negócio, Érick Fernando Caetano, 33 anos. “Nossa empresa está apenas começando, então estamos justamente buscando parceiros para colocar nosso produto no mercado. Este ano a produção da empresa cresceu cerca de 25%, e a estimativa é que no próximo ano o aumento seja de 100%”, revela.

Na safra 2012/2013, foram beneficiados 40 mil litros de suco e, em média, cinco toneladas de cada sabor de geleia. Com a implantação do suco de uva branco e sucos orgânicos, e criação de uma linha de geleias sem açúcar, a produção deve dobrar. Com a experiência que adquiriu com a participação em feiras, ele acredita que quanto maior a exposição do produto, mais fácil fidelizar os clientes. “Quem conhece, costuma voltar.”

Juliana Reis
(61) 2020-0223 / (61) 2020-0262
imprensa@mda.gov.br

Fonte: MDA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *