Resoluções postergam dívidas de operações de investimento

O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou ontem, em reunião ordinária, permissão aos bancos para rolar a parcela deste ano das dívidas de operações de investimento contratadas com recursos do BNDES e equalizadas pelo Tesouro Nacional. Os vencimentos serão postergados para o fim dos contratos ou generic cialis buy online diluídos ao longo das outras parcelas.

Os produtores terão que pagar os juros da parcela de 2009, mas ficarão impedidos de contratar prescription drugs without a prescription novos financiamentos para investimento