Renegociação de dívidas do crédito rural tem alta adesão na Bahia

ESTIAGEM – Já foram efetivadas 15.587 operações relacionadas a agricultores familiares, o que representa volume de R$ 22 milhões

As operações das dívidas de crédito rural, no âmbito do Programa Nacional de Fortalecimento da AGRICULTURA FAMILIAR (PRONAF), junto ao Banco do Brasil (BB), estão com 97% de efetivação na Bahia.

Foi o que informou, ontem, o Comitê Estadual para Ações de Convivência com a Seca, durante reunião no auditório da Casa Civil, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.

Balanço – De acordo com o balanço apresentado pela Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), 15.587 operações de crédito de custeio foram renegociadas, o que representa volume de R$ 22 milhões. Outras 486 operações devem ser fechadas nas próximas semanas.

Para o secretário da Casa Civil e coordenador do comitê, Rui Costa, a alta adesão dos agricultores familiares ao benefício é resultado das jornadas de renegociação de dívidas no interior do estado em maio e neste mês. As jornadas são realizadas pelo Governo do Estado e o BB.

Alimentação animal – A COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO (CONAB) vai adquirir 20 mil toneladas de milho da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), garantindo fluxo contínuo de venda – ao preço subsidiado de R$ 18,10 a saca -, aos agricultores baianos que estão com dificuldades para alimentar seus rebanhos.

Fonte: DIÁRIO OFICIAL DA BAHIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *