Receita da Guarani sobe 20% no 4º trimestre 2011/2012

Alta dos preços, devido à queda na produção, compensou a redução no volume vendido

por Agência Estado

 Shutterstock

As receitas da Guarani com venda de açúcar no quarto semestre 2011/2012 cresceram 11,1% em relação ao mesmo período do ano anterior

A receita líquida da Guarani, braço sucroalcooleiro da Tereos Internacional, atingiu R$ 518 milhões no quarto trimestre de 2011/12, referente aos meses de janeiro e março de 2012, alta de 20,2% em relação ao mesmo período do ano anterior, quando o resultado foi de R$ 431 milhões.
Com a quebra da safra de cana-de-açúcar, que levou a uma menor produção de açúcar e etanol, os preços subiram, o que compensou a redução do volume vendido.
Segundo o balanço da empresa, as receitas com venda deaçúcar no quarto trimestre 2011/12 cresceram 11,1% em relação a igual período do ano anterior, passando de R$ 240 milhões para R$ 267 milhões. Já a receita com venda deetanol aumentou 15,7% passando de R$ 191 milhões para R$ 221 milhões. No trimestre, a receita com açúcar representou 51,4% do faturamento total da Guarani, com o etanol representando 43%.
As vendas de açúcar cresceram 7,1% no período, saindo de 232,5 mil toneladas no quarto trimestre de 2010/11 para 249 mil toneladas neste. As vendas de etanol cresceram 16% no mesmo período, atingindo 191 milhões de litros no quarto trimestre de 2011/12 ante 164,8 milhões de litros em igual intervalo do ano anterior.
Acumulado 2011/12
No ano fiscal 2011/12, que compreende o período entre abril de 2011 e março de 2012, a receita da Guarani ficou em R$ 2,115 bilhões, alta de 8,1% ante o R$ 1,957 bilhão registrado no ano anterior. O processamento de cana no período caiu 17,3%, de 19,66 milhões de toneladas para 16,258 milhões de toneladas, em função da quebra da safra. A produção de açúcar da Guarani caiu 13,6%, de 1,55 milhão de toneladas para 1,34 milhão de toneladas, e a produção de etanol recuou 27,1%, de 692 milhões de litros para 504 milhões de litros. A menor produção fez os preços subirem e permitiu o aumento da receita.
Do total de R$ 2,115 bilhões de receita, R$ 1,264 bilhão veio da venda de açúcar, um crescimento de 4,1% em relação ao ano anterior. As vendas de etanol ficaram em R$ 695 milhões, alta de 19,7%. No ano 2011/12, o açúcar foi responsável por 60% da receita da Guarani e o etanol, por 33%.
Em volume, a comercialização de açúcar recuou 4,2% no período analisado, de 1,358 milhão de toneladas para 1,301 milhão de toneladas. Já a venda de etanol recuou 8,1%, de 609,2 milhões de litros para 560 milhões de litros.

Fonte: Globo Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *