Quem paga a conta da Rio+20?

Feriadão de três dias no meio da semana, ô beleza, para funcionários públicos, professores e estudantes; toneladas de folders, panfletos e press-releases utilizados para louvar, promover ou divulgar as boas ações verdes de empresas, ONGs e governos (vi pouquíssimos documentos em papel reciclado; trânsito caótico, gerando uma boa quantidades de gases efeito estufa; milhares de aparelhos de ar condicionado trabalhando a todo vapor; manifestações por toda a cidade, espalhando lixo pelas ruas.

Com os Estados Unidos e a Europa praticamente quebrados e a ONU à beira da falência, fica a desconfiança de quem vai apagar a luz desta Conferência é o Brasil.

Fonte: Globo Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *