Queda dos preços trava comercialização do café

A comercialização de café no mercado físico brasileiro ficou travada nos últimos dias diante da queda dos preços registrada na bolsa de Nova York nesta semana. Quando o preço cai lá fora, os vendedores ficam retraídos à espera da recuperação dos valores. Ontem, os contratos com vencimento em maio recuaram 2,5%, a US$ 1,4950 por libra-peso.

Os agentes de mercado da bolsa comentam que os cafeicultores brasileiros têm segurado a produção. Eduardo Carvalhaes, sócio-diretor do Escritório Carvalhaes, em Santos (SP), confirma que as negociações são feitas a conta-gotas. “Mas quando o produtor precisa pagar uma despesa, ele vende o grão”, diz.

Pelos seus cálculos, 4,5 milhões de sacas precisam ser comercializadas por mês para dar conta do consumo interno e dos compromissos de exportação. Por isso, Carvalhaes considera que as negociações em determinados momentos vão ocorrer, embora afirme que esta semana foi de poucos negócios. “Daqui a dois, três dias começam a sair negócios”, prevê. A saca do café de boa qualidade foi negociada ontem entre R$ 335 e R$ 340, o mesmo valor praticado na semana passada.

Segundo Roger Fávaro de Souza, corretor da JS Corretora (MG), também há poucos compradores para o café. “O mercado não está reagindo e não sabemos por que isso está acontecendo”, diz.

O corretor acrescenta que existe muito grão estocado e especulação sobre o volume da próxima safra (2013/14), que começa a ser colhida em maio. A Companhia Nacional de Abastecimento estima uma produção entre 46,98 milhões e 50,16 milhões de sacas, redução de 1,3% a 7,6% em relação ao ciclo 2012/13.

 

© 2000 – 2012. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico. 

Leia mais em:

 

http://www.valor.com.br/empresas/2983616/queda-dos-precos-trava-comercializacao-do-cafe#ixzz2IzOjaZnF

Fonte: Valor | Por Carine Ferreira | De São Paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.