QUEBRA DE SAFRA NO SUL – Milho: mercado volta atenções para o clima e preços se mantêm elevados

Segundo o analista da consultoria Safras, neste momento a preocupação é com a quebra da safra de milho de verão no Rio Grande do Sul e Santa Catarina

milho, seca, estiagem

Foto: Secretaria de Agricultura de Santa Catarina/ Divulgação

O mercado brasileiro de milho teve uma terça-feira, 17, de preços firmes. Segundo o analista de Safras & Mercado, Paulo Molinari, o mercado mantém muita preocupação com a quebra da safra de verão no Rio Grande do Sul e Santa Catarina, e com o quadro climático geral.

No Porto de Santos, o preço da saca de milho ficou em R$ 74/83. No Porto de Paranaguá (PR), a cotação chegou a R$ 73/80 a saca.

No Paraná, o valor foi de R$ 77/80 a saca em Cascavel. Em São Paulo, o preço registrado foi de R$ 80/82 na Mogiana. Em Campinas CIF, o valor ficou em R$ 81,50/83 a saca.

No Rio Grande do Sul, o preço ficou em R$ 87/89 a saca em Erechim. Em Minas Gerais, o valor negociado ficou entre R$ 75/77 a saca em Uberlândia. Em Goiás, o preço esteve em R$ 72 – R$ 74 a saca em Rio Verde – CIF. No Mato Grosso, o valor foi de R$ 73/75 a saca em Rondonópolis.

Por Agência Safras

Fonte : Canal Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *