Publicação liga ministro da Agricultura a uma operação de financiamento de campanha do PP

Revista IstoÉ obteve gravação na qual Antônio Andrade confirmaria o repasse de recursos ao partido e admitiria que houve erro

PMDB/ Divulgação

Foto: PMDB/ Divulgação

Antônio Andrade está envolvido em nova denúncia

O novo ministro da Agricultura, Antônio Andrade, está envolvido em mais uma denúncia. Segundo reportagem da revista IstoÉ, publicada neste fim de semana, o ministro teria autorizado uma operação para financiar a campanha do opositor Partido Progressista no município mineiro de Santos Dumont, quando era presidente do PMDB de Minas Gerais. A publicação obteve gravação na qual Andrade confirmaria o repasse de R$ 100 mil ao PP e admitiria que houve erro.
Segundo o analista financeiro Miguel Daoud, em entrevista ao Mercado e Cia, a suspeita tira credibilidade do Ministério.
– A agricultura faz seu papel brilhante, chama atenção pela tecnologia e competitividade, mas esbarra na gestão do negócio do nosso país. Como o ministro da Agricultura, sem credibilidade, vai fazer para resolver essa situação? – questionou.
De acordo com a publicação, o dinheiro foi registrado na conta do PP, enquanto o candidato da coligação PT-PMDB não recebeu nenhum recurso do PMDB mineiro. Na matéria, especialistas em direito eleitoral dizem que isso é motivo para que o ministro seja expulso do partido e há suspeita de lavagem de dinheiro de caixa dois.
De acordo com o secretário-geral do PMDB de Minas Gerais, Sávio Souza Cruz, a movimentação dos recursos também foi registrada na contabilidade do partido e esse fato não é uma exclusividade do PMDB. Segundo ele, outros partidos também teriam feito o repasse de dinheiro para adversários políticos.
Como o fato ocorreu antes de ser ministro, Antônio Andrade informou, por meio de assessoria de imprensa, que não vai fazer nenhum comunicado oficial e que apenas responderá diretamente à revista. O político está em Belo Horizonte (MG), onde participa de eventos oficiais com a presidente Dilma Rousseff.

CANAL RURAL

Fonte: Rurabr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *