Prorrogado incentivo ao suinocultor

Sai hoje, no Diário Oficial do Rio Grande do Sul, a renovação do decreto 50.689/13, que reduz de 12% para 3,99% a base de cálculo de ICMS nas saídas de suínos vivos para fora do Estado. A medida, que beneficia produtores independentes, valerá por dois meses, segundo a Casa Civil. Hoje, o Rio Grande do Sul produz excedente de 250 mil suínos/ano que não são abatidos e que precisam ser comercializados fora do Estado. ‘Isso é uma renda que fica no bolso dos independentes’, diz o presidente da Acsurs, Valdecir Folador.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *