Proposta de reajuste da BRF é aceita em Lucas

Apesar de terem demonstrado insatisfação, os trabalhadores da unidade da BRF em Lucas do Rio Verde (MT) aprovaram na semana passada a proposta de reajuste salarial de 5% da empresa, informou na sexta-feira a Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Afins (CNTA Afins).

Em assembleia realizada quinta-feira pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias e Cooperativas de Carnes e Derivados da Alimentação e Afins de Lucas do Rio Verde (Sintralve), 1,307 mil aprovaram a proposta de reajuste feita pela BRF, ou 53,5% dos 2,443 mil trabalhadores que participaram da votação.

Vencidos na assembleia, 849 empregados votaram pela preparação da greve e outros 235 pela instauração do dissídio coletivo na Justiça.

O impasse entre os trabalhadores de Lucas do Rio Verde e a BRF ocorre desde 23 de novembro, quando a direção do sindicato aceitou a proposta de 5%. Em dezembro, porém, essa proposta foi rejeitada em assembleia. Na ocasião, os trabalhadores aprovaram indicativo de greve pedindo a reabertura da negociação.

Na semana retrasada, a CNTA Afins informou que a BRF havia reaberto as negociações, propondo alteração no modo de pagamento do abono salarial de R$ 225, mas mantendo a oferta de reajuste de 5%. Na ocasião, a CNTA informou que a proposta foi considerada "péssima" pelos representantes da categoria, que reivindicavam um reajuste de 13%.

Por Luiz Henrique Mendes | De São Paulo

Fonte : Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *