Projeto para reutilizar água da chuva é lançado em Rio Grande

O protótipo de um projeto inaugurado em Rio Grande tem por objetivo tratar as águas da chuva e reaproveitá- las sustentavelmente, mantendo o curso natural das águas, que é o da sua infiltração no solo para o reabastecimento dos lençóis freáticos. O Living Water System (Sistema de Água Viva, em tradução literal), começou a ser desenvolvido há mais de um ano por um grupo de profissionais da área da engenharia. A iniciativa foi motivada por um pedido do prefeito de Rio Grande, Alexandre Lindenmeyer, ao Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Rio Grande (Sinduscon) durante uma reunião.

Presente à cerimônia de inauguração do sistema, o prefeito contou que a provocação positiva feita ao grupo de empresários teve por base a observação de um sistema centenário utilizado na Argentina, na cidade de Mendonza, onde a água que escorre da Cordilheiras é reutilizada na agricultura local, percorrendo diferentes tipos de sistemas.

"Nesse sentido, essa provocação que fizemos foi evoluindo através do diálogo, debatendo que parte da modelagem desse sistema podia se adequar a Rio Grande, e em que parte do município poderia ser implantada, considerando as nossas características de solo", argumentou o prefeito.

Para o presidente do Sinduscon Rio Grande, Airton Viñas, "o lançamento do LWS é de extrema importância não só para a comunidade rio-grandina, mas também para o estado do Rio Grande do Sul e o país, pois se apresenta como uma possível solução para o nosso sistema de saneamento".

De acordo com o engenheiro mecânico do projeto, Evandro Coradi, o sistema permite a infiltração de até 85% das águas das chuvas para o lençol freático e a retenção do lixos das ruas, facilitando o seu recolhimento,

Fonte: Jornal do Comércio