Produtores comemoram chegada da estação das águas em Minas Gerais

Certeza de lucratividade traz otimismo para agricultores na região do Triângulo Mineiro

Marcelo Lara | Nova Ponte (MG)

Divulgação

Foto: Divulgação / clicRBS

Chuvas estavam atrasando plantio de milho

Produtores comemoram a chegada da estação das águas em Minas Gerais. As chuvas irregulares estavam atrasando o plantio. Na região do Triângulo Mineiro, a certeza de lucratividade do setor traz otimismo para agricultores que investem em produtividade e trabalham com o mercado futuro.
O solo mineiro com a umidade ideal vai sendo cortado pelas plantadeiras para o inicio de mais uma safra de soja e milho. Nos últimos 10 dias a chuva firmou. Desde o final de outubro as pancadas de chuva foram localizadas. Muitos produtores iniciaram o plantio e tiveram que parar e retomaram agora.
Com o mercado favorável, os produtores estão investindo em tecnologia. Na região de Nova Ponte, Triângulo Mineiro, a produtividade média de milho esperada é de 160 sacas por hectare, e de soja 58 sacas. O produtor Ésio Carneiro estava preocupado com a demora da chuva, mas agora está acelerando o plantio de 90 hectares de soja, 30% a mais do que no ano passado. Ele fez venda antecipada de parte da produção e  garantiu os custos com sementes, adubo e defensivos.
Em outra área, a pastagem esta sendo dissecada rapidamente para o início do plantio. É uma integração lavoura-pecuária. O produtor Virgílio Pereira Carneiro mantém 330 hectares, dentro da rotação de cultura este ano serão 150 hectares de milho e 180 hectares de soja. Ele resume o cronograma que vem cumprindo, com a compra dos insumos na hora certa e a negociação da safra no mercado futuro.

CANAL RURAL

Fonte: Ruralbr

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.