Produtoras se reúnem para aprender a usar linhas de crédito rural no TO

Mais de 300 trabalhadoras rurais de 50 municípios participam do evento.
Artesanato feito por mulheres é forma de complementar a renda da família.

Do Globo Rural

As produtoras rurais do Tocantins estão reunidas em Palmas para discutir a importância da mulher no desenvolvimento da agricultura familiar. Um dos principais assuntos é o acesso ao crédito.

Nas vitrines está exposto o trabalho manual feito com o material que vem do campo. O artesanato é feito com coco babaçu, fibra de bananeira e capim dourado, a joia do Tocantins. As mulheres que vivem do agroextrativismo têm no artesanato uma forma de complementar a renda da família e são exemplo de sucesso nos empreendimentos rurais.

Mais de 300 trabalhadores rurais de 50 municípios do Tocantins discutem no encontro formas de desenvolver a agricultura familiar no estado. O acesso ao crédito rural é um dos temas do evento.

Quase todas as mulheres são beneficiárias do Programa Nacional de Crédito Fundiário, que agrega mais de 3,2 mil famílias do Tocantins. O limite de crédito é de R$ 60 mil, que podem ser pagos em até 20 anos. O dinheiro está disponível, mas, sem planejamento, as famílias acabam se endividando e não conseguem pagar o empréstimo.

O encontro foi organizado para orientar as trabalhadoras sobre como gerenciar o crédito aplicando o dinheiro no potencial produtivo de cada região, como fizeram as 18 famílias assentadas no município de Colmeia do Tocantins. A verba foi aplicada na lavoura e na pecuária.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *