PRODUTOR TERÁ BÔNUS AO ARMAZENAR A SAFRA

Conab lança pacote de benefícios para estimular retenção da produção

Agricultores familiares terão um pacote de vantagens para uso de serviços de armazenagem, secagem, limpeza, recepção e transbordo da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). As medidas são específicas para agricultores que depositarem até mil toneladas a granel e prevê descontos e isenção de tarifas, como a de recepção de produto. Segundo o superintendente de Armazenagem da Conab, Rafael Bueno, também está em curso uma linha de descontos para clientes que possuem produto ensacado, limpo e seco, que só precisam armazenar, como o café e o feijão.

Os pacotes integram a estratégia da Conab de aumentar a clientela, garantir armazenagem da safra recorde prevista em 185 milhões de toneladas e ajudar o produtor rural a agregar valor ao seu produto. Desde 1 de fevereiro, a Conab está dando descontos de até 25% nos serviços para médios e grandes produtores rurais em todas as unidades que recebem produto a granel. Os abatimentos valem para depósitos acima de mil toneladas pelo período de quatro meses a partir da entrega ao armazém. ‘Nossa intenção é colaborar para a elevação de renda, permitir que o produtor tenha um melhor posicionamento de venda no mercado e possa reduzir o desembolso em serviços antes da comercialização da safra.’

Para o economista da Fecoagro, Tarcísio Minetto, a medida tem como beneficio adicional melhorar o padrão dos grãos para exportação. De acordo com o Cadastro Nacional de Unidades Armazenadoras da Conab, o país tem capacidade para armazenar 148,14 milhões de toneladas. As tarifas de armazenagem estão em vigor desde 2009, sendo de R$ 1,71/t/quinzena para o produto ensacado e de R$ 1,87/t/ quinzena para a granel.

Descontos em vigor

– Entre mil e 3 mil toneladas: 15% de abatimento e isenção de cobrança na quinzena de recepção.

– Acima de 3 mil toneladas: descontos de até 25% e isenção da quinzena de recepção.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *