Produtor de erva-mate quer incentivo

Representantes do setor da erva-mate e coordenadores das bancadas da Câmara Federal do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul entregam hoje pedido no Ministério da Fazenda, para que técnicos realizem estudo de impacto aos cofres federais de redução a zero da alíquota de PIS/Cofins para o produto. A ação foi acordada ontem, em audiência pública da Comissão da Agricultura, que reuniu, em Brasília, representantes da indústria, dos produtores, parlamentares e integrantes dos ministérios da Agricultura e Fazenda. Segundo o coordenador da bancada gaúcha, Alceu Moreira, a Fazenda argumentou que, para reduzir a alíquota em 2014, será preciso colocar o tema na Lei Orçamentária. ‘Eles também querem saber de onde sairá o recurso para compensar a renúncia.’

Estimativas do setor dão conta que o custo da redução seria de R$ 30 milhões ao ano. ‘Não custaria muito para a União e representaria muito para a produção’, avalia o presidente do Sindimate, Alfeu Strapasson. A escassez de produto, com uma quebra de 20% da produção estadual em 2013, levou a aumento de preço de 170% no acumulado de 12 meses, segundo a Emater.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *