- Ricardo Alfonsin Advogados - https://alfonsin.com.br -

Produção de algodão deve ser menor

 

O ajuste negativo se deve à redução da produtividade em Mato Grosso e na Bahia, conforme consultoria

Produção de algodão deve ser menor

Foto:ArquivoAmpliar foto [1]

Céleres cortou rendimento para 1.437 quilos/ha

A consultoria Céleres diminuiu nesta sexta-feira, 10, a sua projeção de produção de algodão em pluma no Brasil em 2015/16 para 1,39 milhão de toneladas. Em maio, a previsão era de 1,57 milhão de toneladas. O novo número representa queda de 9,3% ante a colheita de 2014/15, segundo a Céleres.
O ajuste negativo se deve à redução da produtividade nos principais Estados produtores, Mato Grosso e Bahia, conforme a consultoria. A projeção de área foi mantida em 967,8 mil hectares, mas a Céleres cortou a previsão de rendimento para 1.437 quilos por hectare, ante 1.622 quilos por hectare na projeção de maio.
"As condições de baixa pluviosidade e altas temperaturas em praticamente toda a temporada atrapalharam no desenvolvimento da planta, acarretando em perdas consolidadas", destacou a Céleres. Só na Bahia, segundo maior Estado produtor da fibra no País, a consultoria espera produtividade de 1.345 quilos por hectare, 17% menor do que a obtida no ciclo anterior.
A Céleres citou ainda os embarques 40% acima de igual período do ano passado de janeiro a maio e ressaltou a maior competitividade do produto nacional perante o patamar cambial desvalorizado. "Com a restrição da oferta e as exportações do produto em altos níveis, o quadro interno de algodão estará mais apertado em 2015/16, com estoques finais desta temporada caindo pela metade (260 mil t)", destacou Céleres.

ESTADÃO CONTEÚDO

Fonte : Portal DBO

Compartilhe!