Processamento de cana-de-açúcar no Brasil pressiona mercado, diz banco de investimentos

Barclays espera que produção se recupere modestamente na safra 2012/2013

Rogério Sartori/Especial

Foto: Rogério Sartori/Especial

Produção de cana-de-açúcar deve se recuperar modestamente em 2012/2013

O banco de investimentos Barclays afirmou nesta terça, dia 14, que o avanço no processamento de cana-de-açúcar no Brasil e a recuperação da produção em 2012/2013 pressionarão o mercado de açúcar, mesmo que a limitação nas exportações da Índia atualmente deem algum suporte. O banco acrescentou, no entanto, que, se os efeitos do El Niño se concretizarem, haverá impactos negativos sobre a produção na região Centro-Sul do Brasil e na Índia, a depender da intensidade do fenômeno climático.
O Barclays espera que a produção se recupere modestamente em 2012/2013, pois a substituição de canaviais antigos ajudou a recuperar a safra. Chuvas fora de época ajudarão o desenvolvimento da cana, mas à custa da redução do teor de açúcar. Segundo o banco, se o clima permanecer seco em agosto, haverá maior recuperação do teor de açúcar na cana, embora o El Niño deva aumentar o volume de chuvas no Centro-Sul do país e reduzir o conteúdo de sacarose.
O Barclays manifestou preocupação com a produção e as exportações da Índia depois de fracas chuvas de monções e os riscos do El Niño. O banco acrescentou que chuvas neste mês são essenciais para a cana da Índia, e o desenvolvimento das chuvas será acompanhado de perto para que sejam elaboradas estimativas de produção e produtividade de açúcar.

Agência Estado

Fonte: Ruralbr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *