Preços dos grãos devem voltar a subir nas próximas semanas, diz analista de mercado

Analista prevê que os preços no mercado físico possam subir mais de R$ 2 por saca

Divulgação

Foto: Divulgação / MAPA

Segundo o analista, deve haver um crescimento na faixa dos 2,5 milhões de hectares de plantação de soja

As altas das cotações para soja e milho em Chicago ainda não foram repassadas para o mercado de balcão, que é o nível do produtor, explica o analista de mercado Vlamir Brandalizze. Segundo Brandalizze, nesta segunda, dia 12, muitas empresas foram pegas de surpresa. Para a próxima semana, o analista prevê que os preços no mercado físico sejam maiores de R$ 2 por saca.

– O volume no mercado de lotes ainda é pequeno. Esses lotes deveriam estar quase R$ 3 ou R$ 3,50 – relata.

O analista explica que mercado de Chicago está dando uma nova oportunidade para os produtores brasileiros fazerem fixação de preço da safra nova.

– Provavelmente, a partir do mês que vem comecem a aparecer esses dados de plantio. Tudo indica que teremos um crescimento na faixa dos 2,5 milhões de hectares de plantação de soja. Estamos bastante otimistas – disse.

De acordo com Brandalizze, este é o momento para o produtor se preparar, pois os preços serão pressionados para cima.

– Esse é o momento de boa fixação e a relação de troca é boa para o produtor. As cotações, tanto de câmbio, quanto de Chicago serão favoráveis. É o momento de realizar os fechamentos e cobrir os custos de produção – destaca.
>> Cotação: acompanhe os preços das principais commodities

Assista a entrevista com analista de mercado Vlamir Brandalizze:

CANAL RURAL

Fonte: Ruralbr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *