Prefeitura de Porto Alegre parcela IPTU em até 60 vezes

Negociação terá incidência de multa de mora de 2% e juros de 1% ao mês
Quem ainda não conseguiu quitar o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de 2020 de Porto Alegre poderá parcelar a dívida em até 60 parcelas mensais, porém com incidência de juros e multa de 10%. O calendário estabelecido pela prefeitura terminou em 31 de março (já contando o prazo estendido) para pagamento à vista com 10% de desconto.As propostas de parcelamento de ofício, vencendo no último dia útil de cada mês, com incidência de multa de mora de 2% e juros de 1% ao mês, foram enviadas pelos Correios aos contribuintes inadimplentes.

A primeira parcela venceu dia 31 de março.

O acordo para atuais inadimplentes pode ser feito pelos canais de comunicação da Secretaria Municipal da Fazenda. Após a Receita gerar as guias, os pagamentos devem ser efetuados sempre no último dia útil de cada mês. Quem optou pelo parcelamento em 10 vezes, começando em 8 de março, deve permanecer pagando sempre nesse dia de cada mês, pois não há cobrança de juros e multa. No caso de créditos que já tenham sido parcelados e cujo parcelamento tenha sido revogado, o valor da primeira parcela será correspondente a, no mínimo, 5% do saldo a ser parcelado. A falta de pagamento integral até a data de seu vencimento, da primeira parcela, de duas parcelas intermediárias ou da última parcela acarretará a revogação do parcelamento.

Fonte: Jornal do Comércio