POLÍTICA – Vice-ministros da Agricultura do Brics se reúnem em Brasília

Encontro será preparatório para reunião de ministros do bloco, que será realizada em setembro em Bonito (MS)

Oito grandes empresas lançam na Agrishow tecnologia para levar banda larga móvel a 5 milhões de hectares (Foto: Thinkstock)O governo brasileiro elaborou um documento de 27 capítulos quer será discutido durante o evento (Foto: Thinkstock)

Novas tecnologias na agricultura, sustentabilidade, internet das coisas, startups e conectividade são assuntos que estarão em pauta durante a reunião de vice-ministros da Agricultura dos Brics (bloco formado por Brasil, China, Rússia, Índia e África do Sul), que começa nesta quarta-feira (17/7) e termina na quinta (18/7). O encontro será realizado em Brasília.

As delegações estrangeiras deverão fazer uma visita aos laboratórios da Embrapa. Também está programado um almoço promovido pela Confederação Nacional de Agricultura (CNA). Na quinta-feira, estão agendadas reuniões bilaterais com a China, África do Sul e Rússia. Ao final do encontro, deverá ser elaborada uma carta de intenções, que servirá de base para acordo a ser firmado entre os países para promover novas soluções para a agricultura e o aumento da produtividade no campo. O governo brasileiro elaborou um documento de 27 capítulos quer será discutido durante o evento. “São pontos que se refletirão também na valorização dos pequenos produtores e em maneiras inovadoras de proporcionar mais dignidade econômica e social para esse segmento”, diz Flávio Bettarello, secretário-adjunto de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura.

O encontro servirá como uma preparação para a 9ª Reunião de Ministros de Agricultura dos Brics, programada para setembro deste ano, em Bonito (MS), com o tema “Promoção de Inovação e Ações para o Desenvolvimento de Novas Soluções para Sistemas de Produção de Alimentos”. O bloco formado pelos Brics representa cerca de 42% da população mundial, 23% do PIB e 18% do comércio mundial.

POR REDAÇÃO GLOBO RURAL

Fonte : GLOBO RURAL

Compartilhe!