Polícia indica crime na venda de arroz

A Polícia Civil concluiu inquérito que indicia por suposto crime de estelionato a espanhola Maria Luz Del Carmen Garcia Moreira, proprietária da corretora Produsul, que atuava há 30 anos em Uruguaiana e é suspeita de lesar 23 produtores de arroz. A denúncia foi feita em 2011 por dois agricultores ao Ministério Público Federal. Segundo o delegado Gustavo Arais, da 1 DP de Uruguaiana, o inquérito apurou que os produtores foram prejudicados em operações nas quais entregavam o grão e não recebiam o valor, recebiam menos do que o acertado, ou valores diferentes e de um terceiro. A suposta fraude somaria R$ 10 milhões. O inquérito indicia Maria com o agravante de abuso do exercício da profissão. A empresária não foi localizada pela reportagem e seu advogado preferiu não se manifestar.

Fonte: Correio do Povo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.