Plantio de arroz está quase no fim

O plantio do arroz chega ao fim no Rio Grande do Sul com 97,3% da área semeada, o equivalente a 1,085 milhão de hectares. Levantamento divulgado ontem pelo Instituto Rio-Grandense do Arroz (Irga) indica que, na Zona Sul, 100% das lavouras (180,59 mil hectares) já foram semeadas. A região da Campanha registra 96,1% de área plantada, com 161,586 mil hectares, devido ao grande volume de chuvas. ‘Mas são poucas as áreas que tiveram necessidade de replantio’, diz o diretor técnico do Irga, Sérgio Gindri Lopes. Estimativas do instituto indicam que não chega a 1%, o equivalente a 8 mil ha. O clima seco com temperaturas altas está favorável para o crescimento das plantas, sendo que 97% das lavouras encontram-se em desenvolvimento vegetativo e 3% em fase reprodutiva.

A Fronteira-Oeste foi a região que teve melhor desempenho, tendo plantado 85% das lavouras na época preferencial. Já a Planície Costeira Externa, também por conta das precipitações, semeou 45% da área até 15 de novembro. Os produtores que plantaram após este período poderão perder em produtividade, já que o risco de frio em fevereiro prejudica o enchimento dos grãos.

Estimativa da Emater indica que 15% da área total foi semeada após a época. ‘A produtividade média poderá ficar um pouco abaixo da expectativa’, concorda o agrônomo João Evair Daniel, da Emater.

Na safra anterior, a produtividade média foi de 7,5 mil quilos por hectare, enquanto a expectativa para este ano é que a produtividade média varie entre 7,6 mil e 7,7 mil quilos por hectare.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *