Plantio da safra de soja 2013/2014 é aberto oficialmente em Mato Grosso

Ministra-chefe da Casa Civil afirma que o Brasil será o maior produtor de grãos do mundo até o fim da década

Divulgação

Foto: Divulgação

Evento contou com a presença da ministra-chefe da Casa Civil

A ministra–chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffman, falou sobre os desafios dos produtores rurais no país durante o evento de abertura do Plantio da Safra de Soja 2013/2014, em Sinop (MT). Ela garantiu que melhorias em logística e o armazenamento estão entre as prioridades do governo federal para garantir aumento da produtividade.

A ministra reforçou ainda a importância do agronegócio para a economia nacional, que é responsável por 23% do PIB no país, e mostrou-se otimista com a safra que está iniciando.

– As estimativas internacionais projetam que a safra nacional de soja passará os EUA e o Brasil será o maior produtor da oleaginosa. E não tenho dúvidas de que, até o fim da década, seremos o maior produtor de grãos do mundo.

O plantio das primeiras sementes, que simbolizam o começo desta nova safra de soja, foi realizado pela própria ministra e pelo secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Neri Geller. O local escolhido foi o Sítio Tecnológico da Embrapa Agrossilvipastoril, em uma área demonstrativa de integração lavoura-pecuária-floresta (iLPF).

O presidente do Canal Rural, Donário Lopes de Almeida, prestou uma homenagem à Embrapa, que completa 40 anos em 2013. A diretora-executiva da Embrapa, Vânia Castiglioni, destacou a importância da tecnologia e da pesquisa para o crescimento do agronegócio no país. Desde a fundação da empresa, a área agrícola cresceu 18 vezes e a produção, cerca de 50 vezes. 

Durante o evento, Neri Geller citou programas de apoio do governo ao agronegócio e destacou o Plano Nacional de Armazenagem, que destina R$ 25 bilhões à logística e construção de novos armazéns privados no país nos próximos cinco anos. O projeto faz parte do Plano Safra 2013.

A logística é considerada um dos entraves para o crescimento do setor em Mato Grosso. O Estado é o maior produtor de soja do país, mas os agricultores sofrem com a dificuldade de acesso a portos e com as más condições das estradas. Gleisi Hoffmann anunciou que a duplicação de parte da BR-163, fundamental para o escoamento da produção agrícola no Estado, deve ser concluída em até dois anos.

O presidente do Senar-MT, Rui Prado, pediu ainda segurança jurídica aos produtores atingidos pelas demarcações de terras indígenas e investimento em qualificação de profissionais para o meio rural.

A solenidade reuniu diversos representantes da agricultura. Entre eles, o presidente da Aprosoja – MT, Carlos Favaro, o presidente da Aprosoja Brasil, Glauber Silveira, o senador Blairo Maggi (PR-MT), o deputado federal Nilson Leitão (PSDB-MT), o governador do Estado, Silval Barbosa (PMDB-MT) e o prefeito de Sinop, Juarez Costa  (PSDB-MT).

A solenidade faz parte da segunda edição do Projeto Soja Brasil, que acompanha a safra 2013/2014 desde o planejamento do plantio até a colheita. O evento é uma realização do Canal Rural, da Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT). O apoio regional é da Aprosoja de Mato Grosso, do Sindicato Rural de Sinop e da Prefeitura Municipal de Sinop. O patrocínio é de Basf, Intacta, Mitsubishi Motors e New Holland. O apoio é de Yara Brasil Fertilizantes e Bolsa Brasileira de Mercadorias. O projeto conta com coordenação técnica da Embrapa e consultoria de Safras & Mercado.

RURALBR

Fonte: Rurabr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *