Plano safra incentivará irrigação

Pepe Vargas (c) esteve reunido com lideranças gaúchas em Brasília<br /><b>Crédito: </b> ANDRÉA FARIAS / DIVULGAÇÃO / CP

Pepe Vargas (c) esteve reunido com lideranças gaúchas em Brasília
Crédito: ANDRÉA FARIAS / DIVULGAÇÃO / CP

O Plano Safra da Agricultura Familiar 2012/13, com divulgação prevista para 28 deste mês, deve alterar o crédito destinado a irrigação em propriedades familiares. A ideia é fomentar investimentos. A informação foi repassada ontem pelo ministro do Desenvolvimento Agrário (MDA), Pepe Vargas durante a reunião com Fetag/RS e Secretaria da Agricultura do Estado. Segundo o ministro, sua equipe técnica está avaliando mecanismos para aperfeiçoar o Pronaf Mais Alimentos, linha que atualmente financia os projetos de irrigação.
No encontro, o presidente da Fetag, Elton Weber, defendeu que o governo federal adote uma política de incentivo semelhante à prometida pela Secretaria da Agricultura no programa Mais Água, Mais Renda. Para Weber, o Mais Alimentos é uma linha importante, com 2% de juro ao ano, mas que precisa de subsídio.
O programa estadual Mais Água, Mais Renda prevê o pagamento em sete anos, com três de carência, sendo as parcelas anuais. O governo estadual se comprometeu a pagar a primeira e a última parcela para os pronafianos. E ontem, o secretário da Agricultura, Luiz Fernando Mainardi, propôs que a União também participe, pagando duas parcelas do financiamento. "Isso seria mais interessante do que pagar seguro." O ministro disse que a sugestão será analisada.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *