Plano Nacional de Armazenagem terá R$ 130 milhões na primeira fase, diz ministro

Segundo Mendes Ribeiro Filho, para a segunda etapa, serão pelo menos mais R$ 180 milhões

Divulgação

Foto: Divulgação / Divulgação

Déficit de armazenagem no Brasil deve alcançar 40 milhões de toneladas nesta safra 2012/2013

O ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho (PMDB-RS), disse, nesta segunda, dia 11, que a primeira fase do Plano Nacional de Armazenamento deverá demandar R$ 130 milhões. Para a segunda etapa, serão pelo menos mais R$ 180 milhões.

Mendes Ribeiro Filho informou que o programa está "praticamente concluído" e que está pronto para ser lançado "a qualquer momento". O ministro contou ainda que deve ir à Casa Civil na terça, dia 12, para garantir os recursos do programa.

A empresa Kepler Weber, produtora de silos e armazéns, projeta que o déficit de armazenagem no Brasil deve alcançar 40 milhões de toneladas nesta safra 2012/2013. A previsão leva em consideração colheita recorde de cerca de 185 milhões de toneladas, conforme projeções do Ministério da Agricultura. A empresa estima que o investimento para zerar esse déficit é de R$ 10 bilhões.

Questionado sobre como o programa poderia ajudar já nesta safra, que enfrenta gargalos logísticos, o ministro afirmou que existe a possibilidade de alguns problemas serem resolvidos, mas não disse como isso poderia ser feito. Os produtores rurais têm alertado para o fato de que a escassez de caminhões e o congestionamento de navios nos portos brasileiros dificultam o cumprimento dos contratos de exportação, trazendo de volta as preocupações sobre um apagão logístico no país.

Agência Estado

Fonte: Ruralbr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *