Plano da safra agrícola deve ganhar novos instrumentos, diz secretário

Fonte: Agência Estado | Ana Conceição

Entre eles estão os fundos garantidores de crédito, a subvenção ao seguro agrícola com garantia de renda e o fundo catástrofe

O Plano da Safra Agrícola 2011/2012 está pronto e deve ser divulgado em 15 dias, como já anunciou nesta quinta, dia 26, o ministro de Agricultura, Wagner Rossi. No entanto, novos instrumentos podem ser implementados pelo governo ao longo do segundo semestre, afirmou o novo secretário de Política Agrícola, José Carlos Vaz, que tomará posse oficialmente na semana que vem. Sua afirmação foi feita nesta quinta durante o seminário "Perspectivas para o Agribusiness 2011 e 2012", promovido pela BM&FBovespa, em São Paulo.
Entre esses instrumentos estão os fundos garantidores de crédito, a subvenção ao seguro agrícola com garantia de renda e o fundo catástrofe, entre outros.
– Parte disso será divulgada no plano, outra parte ao longo do segundo semestre. Estamos fazendo as discussões necessárias. Alguns instrumentos terão de passar pelo Conselho Monetário Nacional, outros não – afirmou ele.
Vaz assumiu a Secretaria de Política Agrícola há duas semanas, em substituição a Edílson Guimarães, funcionário de carreira do Ministério da Agricultura. Ele elogiou o antecessor durante sua apresentação no seminário.
– Quando cheguei, a casa já estava arrumada – disse.
E acrescentou que vai aproveitar o momento de bonança no setor agrícola para discutir um plano de reforma nacional da política para o setor.
– Hoje, reagimos aos problemas que aparecem, mas queremos ser ‘antecipadores’ de tendências e problemas. Para isso, temos que conversar com toda a cadeia. Queremos projetar metas de renda e produtividade, alcançá-las e ser capazes de corrigir desvios quando necessário – afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *