PLANO AGROPECUÁRIO – Ministro diz que situação fiscal não vai prejudicar o Plano Safra

Nelson Barbosa, Ministro da Fazenda, e Kátia Abreu, da Agricultura, definiram últimos ajustes do Plano, mas não deram detalhes sobre o conteúdo

Wilson Dias/Agência BrasilO plano será lançada no dia 4 de maio, mas os ministros não adiantaram detalhes de valores e taxas | Wilson Dias/Agência Brasil

O plano será lançada no dia 4 de maio, mas os ministros não adiantaram detalhes de valores e taxas

Os ministros da Fazenda, Nelson Barbosa, e a da Agricultura, Kátia Abreu, se reuniram na última terça (26) para fechar os detalhes finais do Plano Agrícola e Pecuário da safra 2016/2017, o Plano Safra. Ao término do encontro, Barbosa disse que o momento fiscal que vive o país não vai prejudicar a estratégia de governo. As informações são da Agência Brasil.

“Temos recursos fiscais para financiar não só o plano atual, mas o próximo, mas é muito importante para isso que se altere a programação fiscal do governo. Acho que a sinalização foi dada pelo presidente Renan Calheiros [do Senado Federal], que pretende votar [a matéria] ainda em maio, antes do dia 20. Isso vai dar uma segurança para todos os envolvidos de que todos os serviços essenciais do governo serão mantidos”, disse Barbosa.

Barbosa teve reunião com Calheiros no último dia 20, pedindo urgência na votação e aprovação do projeto de lei que muda a meta fiscal deste ano.

O plano será lançada no dia 4 de maio, mas os ministros não adiantaram detalhes de valores e taxas. É sempre na razoabilidade os juros em termo de inflação, de mercado. Tudo que a agricultura precisa, disse a ministra.

O plano disponibiliza recursos para financiar a agropecuária nacional. O investimento é estratégico para o governo incentivar o aumento da produção.

Fonte : Gazeta do Povo