Pesquisa da Emater RS aponta queda no número de trabalhadores na zona rural

Segundo o estudo, falta de perspectiva e informalidade, são os principais fatores que desmotivam o trabalho no meio rural

Marielise Ferreira

Foto: Marielise Ferreira / Agencia RBS

Redução de agricultores nessas funções é alarmante

Dados de uma pesquisa realizada pela Emater RS mostram que o número de trabalhadores no campo vem caindo a cada ano. Isso vem trazendo grandes problemas para quem segue na zona rural. 
O Rio Grande do Sul contava com 209 homens e 206 mulheres trabalhando no campo. Em comparação com o ano passado, a redução de agricultores nessas funções é alarmante. O número caiu para 162 do sexo masculino e 149 para o feminino. Os dados fazem parte do último censo agropecuário do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
O estudo da Emater revela que, a baixa autonomia das mulheres nas famílias, tem contribuído para diminuir a presença delas no campo. Já para o sexo masculino, falta de perspectiva e informalidade, são os principais fatores que desmotivam o trabalho no meio rural.

De acordo com o IBGE, o mercado de trabalho na zona urbana está aquecido. As possibilidades de melhores salários e postos de trabalho tem atraído quem, hoje, está no campo. A construção civil está no topo da lista de atividades que recebem os trabalhadores rurais que buscam novas oportunidades nas cidades do país.

CANAL RURAL

Fonte: Ruralbr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *