Pedido para servidores da agropecuária entrarem na lista prioritária de vacinação

Vice-presidente da Comissão de Agricultura da Assembleia encaminhou solicitação para os que têm atuação presencial, como fiscais em frigoríficos

04/03/2021 – 23h58minAtualizada em 04/03/2021 – 23h58mi
GISELE LOEBLEIN

DS-RS Anffa Sindical / Divulgação
Funções incluem a fiscalização em portos e aeroportosDS-RS Anffa Sindical / Divulgação

Servidores do Secretaria da Agricultura e da Superintendência do Ministério da Agricultura em áreas de atividades classificadas como essenciais mantêm o trabalho presencial em meio à pandemia. É o caso de quem realiza a fiscalização em frigoríficos, por exemplo. Como a atuação deles é imprescindível, o deputado Ernani Polo, vice-presidente da Comissão de Agricultura da Assembleia, encaminhou um pedido ao Piratini para que sejam incluídos nos grupos prioritários de vacinação contra a covid-19.

– Uma vez inviabilizadas as atividades desses profissionais, poderá ocorrer um colapso no abastecimento de alimentos à população gaúcha – afirmou o parlamentar à comissão.

São cerca de 1,2 mil profissionais, incluindo agentes da Emater que precisam realizar atividades a campo. Embora reconheça “a dificuldade que é estabelecer prioridade neste momento em que falta vacina para todos”, a vice-presidente da Associação dos Fiscais Agropecuários do Estado (Afagro), Beatriz Scalzilli, considera importante o pedido de inclusão dos servidores:

– A fiscalização agropecuária é um serviço essencial que não parou nenhuma vez com o trabalho presencial na pandemia.

Delegada sindical do RS do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários (Anffa), Soraya Marredo pontua que, com o quadro já defasado e os do grupo de risco afastados, seria importante imunizar aqueles que atuam em atividades essenciais e não podem ser substituídos – além da inspeção, servidores da fiscalização de insumos, sanidade animal e vigilância em portos, aeroportos e fronteiras. Isso desde que possa respeitada a prioridade dos idosos.

A diretoria nacional do Anffa havia encaminhado pedido para a vacinação dos servidores à ministra da Agricultura.

Fonte: Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *