PECUÁRIA – Boi gordo: frigoríficos seguem ausentes das compras

A consultoria Safras&Mercado indica que unidades de maior porte ainda desfrutam de uma situação de maior conforto nas escalas de abate

Foto: Semagro/MS

O mercado físico de boi gordo apresentou preços estáveis nesta segunda-feira, dia 29. Segundo a consultoria Safras& Mercado, a maioria dos frigoríficos esteve ausente da compra de gado, avaliando as melhores estratégias para a semana.

“Ao mesmo tempo, os frigoríficos de maior porte ainda desfrutam de uma situação de maior conforto, avaliando a incidência de boi a termo e de outras modalidades de parceria. Agora, mesmo os frigoríficos de menor porte sinalizam para uma posição de relativo conforto em sua programação, com escalas de abate posicionadas entre quatro e seis dias úteis”, disse o analista de mercado Fernando Henrique Iglesias,

Veja o fechamento:

  • São Paulo: R$ 154 a arroba
  • Uberaba (MG):  R$ 147 por arroba
  • Dourados (MS): R$ 142 a arroba
  • Goiânia (GO): R$ 140 por arroba
  • Mato Grosso:  R$ 140 a arroba

Atacado

No atacado, os preços da carne bovina também seguiram estáveis.  A tendência ainda é de recuperação dos preços durante a primeira quinzena de agosto, período que conta com maior apelo ao consumo. “Além disso, as comemorações relacionadas ao Dia dos Pais também motivarão a demanda e levam a crer em movimentos mais consistentes de alta”, assinalou.

O corte traseiro seguiu em R$ 11 por quilo. O corte dianteiro continuou em R$ 8,65 por quilo. Já a ponta de agulha permaneceu em R$ 7,90 o quilo.

Por Agência Safras

Fonte : Canal Rural

Compartilhe!