Parcerias para educação no campo

Patrus debate sobre ampliação do acesso à educação no meio rural
Promover melhorias e expandir o acesso à educação no campo. Esse foi objetivo da reunião realizada nesta quarta-feira (26) entre representantes dos ministérios do Desenvolvimento Agrário, da Educação e do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). No encontro, foram discutidos avanços para 2016 nos programas de Educação da Reforma Agrária (Pronera), de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e de Pedagogia de Alternância.

Para a presidente do Incra, Maria Lúcia Falcón, a aproximação entre as duas pastas vai estruturar ainda mais  as políticas para o campo. “Espero que em breve tenhamos condições de ampliar o atendimento aos jovens, por meio da reforma agrária com formação, assistência técnica e cooperativismo”, disse.

“É um mundo de trabalho que se abre. A gente espera que, com esses acordos que virão, possamos entrar em 2016 com novas oportunidades aos jovens brasileiros que vivem no campo”, ponderou a presidente do Incra ao afirmar que não existe desenvolvimento sem geração de conhecimento,  inovação e formação.

Fusão

Entre as prováveis parcerias está a inclusão dos Centros Educativos Familiares de Formação em Alternância (Ceffa) como ofertante de cursos do Pronatec Campo. Para o secretário executivo do Ministério da Educação, Luiz Cláudio, a iniciativa é importante para a sucessão rural. “Isso é importante e tem relevância social”, afirmou. “É um trabalho belíssimo, que mantém o jovem no campo ao mesmo tempo em que dá a oportunidade de educação qualificada”, acrescentou.

 

Adolfo Brito
Ascom/MDA

Fonte : MDA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *