Pacotes de sementes não encomendados geram alerta agropecuário

Casos similares ocorreram nos Estados Unidos e no Canadá, onde foram recebidos conteúdos enviados predominantemente da China, mas também de Taiwan, Uzbequistão e Quirguistão

  • Embalagens misteriosas chegam como se fossem brindes e causam apreensão

    Embalagens misteriosas chegam como se fossem brindes e causam apreensão | Foto: Gabriel Zapella/Cidasc

    A Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) emitiu alerta aos produtores rurais para que não abram pacotes de sementes provenientes do exterior que chegarem junto com encomendas de outros produtos.

    No final de julho, um comunicado do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) já chamava atenção para casos deste tipo que haviam ocorrido nos Estados Unidos e no Canadá, onde foram recebidos conteúdos enviados predominantemente da China, mas também de Taiwan, Uzbequistão e Quirguistão.

    No Brasil, os primeiros relatos foram feitos por agricultores nesta semana à Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc). O órgão constatou que as embalagens originárias do Oriente estão sendo endereçadas a agricultores em pequenos pacotes atrelados a compras realizadas, como se fossem um brinde.

    Segundo o chefe da divisão de Defesa Sanitária Vegetal da Seapdr, Ricardo Felicetti, ainda não houve registro semelhante no Rio Grande do Sul. “Se receber um destes pacotes, o produtor deve procurar a inspetoria da Seapdr em sua região para que o conteúdo seja recolhido, analisado e descartado corretamente”, afirma.

    Felicetti explica que há risco dessas sementes não identificadas trazerem pragas quarentenárias que se espalhadas no solo, podem causar perdas ambientais, econômicas e de mercados importadores de produtos brasileiros.

    Por Nereida Vergara

    Fonte : Correio do Povo

    Compartilhe!