Oportunidade – Por Cleyton Vilarino

A participação dos EUA no comércio internacional de trigo deve retornar, no ciclo atual 2018/19, aos patamares da safra 2016/17, previu ontem o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA). Em relatório, o órgão estimou que o país (na foto, colheita no Estado de Illinois) responderá por 15,7% das exportações mundiais do cereal na atual temporada ante 12,6% em 2017/18. De acordo com o USDA, a queda de quase 30 milhões de toneladas na produção mundial de trigo neste ciclo "abre novas oportunidades para as exportações dos EUA, especialmente na segunda metade da campanha [iniciada em junho]". O órgão estima que a produção mundial ficará em 729,6 milhões de toneladas. O USDA reduziu em 4,5 milhões de toneladas a previsão para as exportações de trigo pela UE nesta safra. Agora, a projeção é que somem 23 milhões de toneladas, – o menor nível desde 2012/13. Para a Austrália, o USDA estimou exportações de 16 milhões de toneladas, queda de 500 mil toneladas.

Daniel Acker / Bloomberg

  • Fonte : Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *