Novos projetos para o campo

Fonte: Diário do Nordeste

Clique para Ampliar
Nelson Martins ressalta que tem conseguido empréstimos, com o apoio do governador, para ampliar as ações
FOTO: MIGUEL PORTELA

Apesar de ter aplicado poucos recursos em seis meses, secretário de Agricultura destaca avanços para o Estado
Seis meses após assumir a Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), o deputado estadual licenciado Nelson Martins (PT) destaca que já houve avanços no funcionamento da pasta. Mesmo tendo aplicado, até agora, apenas 27% do Orçamento anual, ele faz uma avaliação positiva dos primeiros meses de gestão à frente do órgão e afirma já ter implementado alguns projetos de fundamental importância para o setor.
De acordo com o secretário Nelson Martins, a pequena porcentagem na aplicação dos recursos estaduais destinados ao setor agrícola para 2011 é fruto de uma metodologia de trabalho orientada pelo próprio governador Cid Gomes (PSB), no sentido de dedicar os primeiros meses de gestão para avaliação e planejamento de novas ações por cada secretaria.
"Todo início de Governo, a gente faz uma espécie de avaliação de todos os programas em andamento. Então, esse porcentual é absolutamente normal", declarou o secretário, salientando que a execução do orçamento da pasta está dentro do esperado e, portanto, não é motivo para preocupação. Ele garantiu, ainda, que a aplicação dos recursos vai ser intensificada no segundo semestre deste ano.
"Não vou dizer que 100% do Orçamento previsto vai ser executado, mas não tenho dúvidas de que chegaremos pelo menos aos 80%", disse Martins, alegando que muitos dos projetos exigem trabalhos prévios de mobilização e capacitação. Conforme justificou, como as iniciativas já foram planejadas, a execução deverá ganhar agilidade agora.
Além disso, Nelson Martins pontuou que parte do orçamento corresponde a ações de construção, e as obras teriam sofrido atraso por conta do período chuvoso. "Não teremos mais esse problema no segundo semestre, e tudo deve ganhar um melhor ritmo", colocou. O secretário informou que, apesar da aplicação reduzida, todos os projetos elaborados pela SDA receberam investimento este ano.
Programas

Em entrevista ao Diário do Nordeste, Nelson Martins explicou que, nos primeiros seis meses de gestão, desenvolveu um trabalho no sentido de ampliar alguns programas do Governo Federal no Ceará, bem como de negociar, com a participação ativa do governador Cid, alguns empréstimos para multiplicar os investimentos em projetos produtivos na área de Desenvolvimento Agrário.
Sobre isso, o secretário disse estar satisfeito com sua produtividade, destacando que o Ceará conseguiu um empréstimo de aproximadamente R$ 300 milhões junto ao Banco Mundial e outro em torno de R$ 60 milhões com o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrário (FIDA). "Esse segundo ainda precisa de aprovação da Assembleia, mas é preciso dizer que o recurso é bastante significativo para o desenvolvimento rural sustentável no Ceará", avaliou.
Em relação à experiência no Poder Executivo, Nelson Martins afirmou que está trabalhando mais do que quando ocupou o cargo de líder do Governo, na Assembleia Legislativa, mas disse estar aliviado com a pressão política reduzida. "Ambas as ações são importantes, mas a liderança do Governo requeria intensa negociação com os deputados para aprovar as mensagens. Aqui, o trabalho é mais de execução e não tem essa pressão", comparou.
O secretário admite ter enfrentado desafios à frente da SDA, mas ressalta que, por conta da boa conjuntura técnica da pasta, conseguiu se integrar rapidamente ao funcionamento do órgão. Para ele, as dificuldades correspondem à amplitude das ações da pasta, que integra também empresas como a Ematerce e a Seasa, o que, segundo ele, exigiria um trabalho bastante intenso para a consolidação dos projetos.
Novos projetos
Apesar disso, Nelson Martins afirma que, aos poucos, está conseguindo implementar novos projetos à SDA. Nesse sentido, ele destacou, como uma das novidades de sua gestão, o projeto Irrigação na Minha Propriedade, voltado para a agricultura familiar.
O secretário também ressaltou que a SDA tem avançado no Plano de Capacitação à Gestão de Empreendimento da Agricultura Familiar, uma ação que ele considera importante para que pequenos projetos já implementados no Estado tenham continuidade. Isso porque, explica, o Governo não tem como acompanhar o andamento de todas as ações na área da agricultura, sendo necessário um programa de capacitação das lideranças comunitárias e associações para garantir a eficiência da ação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *