Novo procurador da Conab é advogado de carreira do TCU

Fonte:  CORREIO DO ESTADO – MS

O ministro da Agricultura, Wagner Rossi, anunciou nesta quinta-feira (11) troca de comando no departamento jurídico da COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO (CONAB). O ministério informa, em nota, que Rui Magalhães Piscitelli, advogado da Advocacia-Geral da União, é o novo procurador da CONAB. Ele substituirá Rômulo Gonsalves.

Durante depoimento nesta quarta-feira no Congresso, ele disse aos senadores que a determinação de Dilma ocorreu após divulgação dos casos de corrupção no órgão.

Na segunda-feira, Wagner Rossi pediu ao advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, o nome de um procurador de carreira da AGU para ocupar a chefia do setor jurídico da CONAB.

Rui é integrante da carreira de especialista do Banco Central do Brasil, procurador federal, com pós-graduação em Finanças.

O ato de nomeação do novo procurador será assinado nos próximos dias, segundo a CONAB.

Denúncia na CONAB

Na semana passada, Wagner Rossi prestou depoimento na Câmara e falou sobre a denúncia envolvendo o ex-diretor da CONAB Oscar Jucá Neto, o Jucazinho, irmão do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), exonerado por irregularidades no órgão.

"Ele (Oscar Juca Neto) tenta transformar um caso estritamente administrativo, em que ele foi pego em infração gravíssima, ele quis transformar em caso político. Agredindo a todos, seus colegas de trabalho na CONAB e inclusive esse ministro que aqui está", disse Rossi durante audiência na Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados.

Jucazinho foi exonerado depois de autorizar – sem a permissão e com verba que não serviria para tal finalidade – um pagamento para uma suposta empresa de fachada. Alegando ter sido vítima de uma armação, Jucazinho disse à revista "Veja" que existiria um esquema de corrupção envolvendo o Ministério da Agricultura e o ministro Wagner Rossi. Segundo Jucazinho, o PMDB, partido do seu irmão e do ministro, teria transformado o ministério em uma "central de negócios".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *