Novo ministro da Agricultura diz que lobby é "legítimo"

Fonte: FOLHA DE S. PAULO – SP | DE BRASÍLIA | DE PORTO ALEGRE

Quando deputado federal, Mendes Ribeiro (PMDB) apresentou projeto sobre regulamentação da atividade

Pouco experiente no setor, peemedebista diz que pretende "aprender muito" com ex-titulares da pasta, como Rossi

Confirmado ontem como novo ministro da Agricultura, o deputado Mendes Ribeiro (PMDB-RS) afirmou que o lobby é uma "questão legítima, que todo mundo faz".

Ele é autor de um projeto de lei que permite aos lobistas circularem livremente pelo Congresso.

Um dos motivos que levaram à demissão do ex-ministro Wagner Rossi da Agricultura foi o livre acesso de um lobista às dependências da pasta, além de suspeitas de pagamento de propina e irregularidades em licitações.

Com pouca experiência na área agrícola e rural, Mendes Ribeiro afirmou que pretende "aprender muito" com ex-ministros da Agricultura, inclusive com seu antecessor.

Disse que sua prioridade será "ouvir, ouvir e ouvir". Em sua primeira entrevista após ter sido confirmado no cargo, ele fez vários elogios a Rossi e disse que irá procurá-lo nos próximos dias.

"Tenho muito que aprender. Quero aprender com ele [Rossi]", disse, contando que também deve se encontrar com outros ex-ministros da Agricultura.

Seu nome foi confirmado no final da noite de anteontem, em encontro no Alvorada entre a presidente Dilma Rousseff e o vice, Michel Temer. A pasta é cota do PMDB e o ministro demissionário foi escolha pessoal de Temer.

Ontem pela manhã, Dilma ligou para Mendes e fez o convite. Como a presidente estava em São Paulo, ele se reuniu com a ministra Gleisi Hoffmann (Casa Civil), que divulgou nota confirmando a indicação. A posse está marcada para segunda-feira.

Hoje, Dilma e Mendes Ribeiro se reúnem em Brasília.

Ao falar com a imprensa, Mendes rebateu a pergunta sobre a experiência na área afirmando vir de um Estado com tradição agrícola e pecuária, o Rio Grande do Sul.

O novo ministro disse ainda que as investigações na pasta e na CONAB (COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO) cabem aos órgãos apropriados para investigação. "Faxina? Eu vou tratar é da Agricultura", disse ele.

PROJETO

O projeto de regulamentação do lobby é de fevereiro deste ano e ainda não foi apreciado. Ele prevê que representantes de empresas privadas tenham direito a crachá, com acesso livre às dependências da Câmara.

Mendes Ribeiro disse à Folha que fez o projeto aconselhado pelo vice-presidente da República Michel Temer, quando presidia a Câmara.

O novo ministro da Agricultura é advogado e fez sua carreira política sem grande envolvimento com questões do campo. Com base eleitoral na capital gaúcha, está em seu quinto mandato na Câmara dos Deputados.

(ANDREZA MATAIS, ANA FLOR, MARIA CLARA CABRAL e FELIPE BÄCHTOLD)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *