Novo adiamento ou suspensão da Expointer não estão descartados

A realização da Expointer neste ano está condicionada às condições sanitárias do Rio Grande do Sul em relação ao coronavírus.

Mais uma vez, o governador Eduardo Leite reforçou que a prioridade é a saúde e a vida, mas demostrou confiança que, com o adiamento para setembro, a feira possa acontecer sem oferecer riscos à população.

"Trabalhamos com essa perspectiva e precisamos organizar a Expointer", salientou. A organização já começou a ser realizada pela Secretaria da Agricultura, que, no último dia 2, promoveu a primeira reunião para discutir questões administrativas e estruturais para a realização da mostra.

"A determinação é que se proceda toda a organização, mas, evidentemente, se houver um agravamento da pandemia, não teremos problema algum em suspender, adiar ou até mesmo cancelar a feira", afirmou Leite, reforçando sua importância para a economia gaúcha diante de um ano difícil marcado pela estiagem e, após, pela pandemia

Fonte: Jornal do Comércio

Compartilhe!