NOVIDADE NO MERCADO – Café: inseticida promete combater o bicho-mineiro com 2 novos ingredientes ativos

Segundo a Corteva, os dois ingredientes ativos ganharam o prêmio de química verde por suas ações específicas sobre os insetos-alvo

Café, lavoura, tempo

O bicho-mineiro pode causar perdas de mais de 50% na produtividade. Foto: Jonas Oliveira/governo do Paraná

Leucoptera coffeella, mais conhecida pelos produtores de café como bicho-mineiro, é a principal praga da cultura. Enquanto lagarta, a praga se alimenta das folhas do cafezal, o que compromete o bom desenvolvimento da planta e leva a perdas de produtividade superiores a 50%.

Nesta terça-feira, 24, o cafeicultor ganhou oficialmente mais um aliado para combater o bicho-mineiro. A Corteva Agriscience lançou o inseticida Revolux. Ele é composto por dois novos ingredientes ativos: espinetoram e metoxifenozida. “Atua com modos de ação exclusivos para auxiliar os cafeicultores no combate à principal praga que afeta as lavouras de café”, diz a companhia.

O inseticida atua em todo o ciclo de vida da praga, possui atividade translaminar (penetra e se redistribui rapidamente no local tratado) e oferece longo período de controle, amplo espectro e excelente perfil toxicológico, segundo a empresa.

  • “A Corteva acredita que pode contribuir com o desenvolvimento do setor cafeeiro por meio do lançamento de novas tecnologias que atendam às necessidades do agricultor e aumentem a produtividade e rentabilidade dos cafezais. Estamos investindo para apresentar ao mercado um portfólio cada vez mais completo”, afirma Alison Rampazzo, líder de Portfólio da Linha Café da Corteva.

    O novo inseticida também é indicado pela companhia para adoção dentro do manejo integrado de pragas (MIP), garantindo uma produção mais sustentável e a longevidade da tecnologia.

    “Os dois ingredientes ativos ganharam o prêmio de química verde, chancelado pela Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA), por suas ações específicas sobre os insetos-alvo e seletividade aos organismos benéficos”, destaca a companhia.

    Por Canal Rural

    Fonte : Canal Rural

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *