Novas pragas podem causar quebra de R$ 40 bi ao agronegócio brasileiro

Cerca de 150 doenças podem invadir as lavouras no Brasil nos próximos anos

por Globo Rural On-line

 Shutterstock

Cacau é uma das culturas que podem ser afetadas com novas pragas

Pesquisadores alertam sobre o perigo iminente da entrada de novos invasores nas lavouras brasileiras, o que poderia causar prejuízos bilionários, além de problemas de abastecimentos no país. Mais de 150 potenciais invasores, segundo a Sociedade Brasileira de Defesa Agropecuária, podem causar prejuízos como a lagarta helicoverpa, predadora que já causou prejuízo de R$ 2 bilhões aos produtores de soja apenas nesta safra. Pelas contas da Embrapa, essas novas pragas podem trazer um prejuízo potencial ao agronegócio brasileiro de até R$ 40 bilhões.
A monília do cacaueiro, por exemplo, era uma doença que até 2010 afetava apenas as lavouras situadas à Oeste da Cordilheira dos Andes e de potencial muito mais devastador que a vassoura-de-bruxa, que já devastou plantações de cacau na Bahia. Hoje, a monília está atacando plantações de cacau no Peru, Equador e Colômbia, já do lado leste dos Andes. Pelas projeções de pesquisadores do Ceplac, a praga pode chegar ao Brasil em dois anos.
Contudo, a indústria de defensivos tem demonstrado preocupação com a falta de agilidade no processo regulatório brasileiro. Para Eduardo Daher, diretor-executivo da Associação Nacional de Defesa Vegetal (Andef), é preciso maior agilidade no processo de aprovação de novos produtos e tecnologias. “Hoje as aprovações são demoradas, por isso é preciso agilidade no planejamento”, afirma o executivo.

Fonte: Globo Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *