Nova unidade de processamento de grãos da Bsbios teve investimento de R$ 130 milhões

Fonte: O NACIONAL – RS

Implantação da esmagadora consolida a produção de biodiesel e traz mais eficiência ao processo. A meta é que ainda em 2011 a empresa supere o primeiro R$ 1 bilhão em faturamento

Amanda SchArr/ON

A usina de biodiesel de Passo Fundo ampliou a capacidade para produção de óleo destinada à fabricação do combustível em mais 158,4 mil toneladas por ano. Com a presença do governador Tarso Genro, a Bsbios inaugurou ontem a unidade de processamento de GRÃOS. Contando com um investimento superior a R$ 130 milhões, a esmagadora ainda tem capacidade para produzir 660 mil toneladas/ano de farelo de soja destinado à ração animal.

O governador frisou a riqueza da base produtiva gaúcha e o potencial para ampliar o nível de independência relativo à produção e beneficiamento de produtos. O empreendimento constituído da parceria entre a Petrobras Biocombustível e a Bsbios possui um complexo industrial com três armazéns. Dois destinados para GRÃOS com capacidade total de 120 mil toneladas e um para farelo com 62 mil toneladas. A capacidade de produção de biodiesel ao ano é de 160 milhões de litros.

De acordo com o diretor presidente da Bsbios, Erasmo Carlos Battistella, o investimento representa um passo importante para não apenas para a empresa, mas para a região e o Rio Grande do Sul. "A unidade possui capacidade para processar em média 850 mil toneladas de soja por ano, com potencial para consumir aproximadamente 10% da produção total do estado, o que traz importantes reflexos para a AGRICULTURA FAMILIAR, o agronegócio, o comércio e os serviços", ressalta o empresário.

A notícia completa na edição impressa e digital do Jornal O Nacional. Assine já! www.onacional.com.br/assinaturas

Veja ainda – Conteúdo exclusivo para versão impressa e digital:

Microeconomia é aposta para desenvolvimento sustentável – Programa de Microcrédito vai disponibilizar R$ 500 milhões em quatro anos de governo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *