NOTÍCIAS – Tereza Cristina participa do lançamento do World Cotton Day, na sede da OMC, em Genebra

Ministra diz que Organização é fundamental para comércio internacional justo

Nesta segunda-feira (7/10), a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, participou do lançamento do World Cotton Day, na sede da Organização Mundial do Comércio (OMC), em Genebra, na Suíça. Durante sua fala, a ministra declarou que, em 20 anos, a produção nacional de algodão cresceu 226%, e apenas na safra 2017/2018, 11% da produção mundial de algodão foi colhida no Brasil.

“Confirmadas as projeções de crescimento de 20,5% na próxima década, o Brasil deverá expandir sua fatia para 15% do mercado exportador”, declarou Tereza Cristina. Ao considerar as vendas de produtos de confecção, o Produto Interno Bruto (PIB) da cadeia produtiva do algodão do Brasil é de cerca de 74,11 bilhões de dólares. Neste contexto, a ministra ressaltou que “a cadeia [no Brasil] gera emprego e renda para 1,2 milhão de trabalhadores”.

"Confirmadas as projeções de crescimento de 20,5% na próxima década, o Brasil deverá expandir sua fatia para 15% do mercado exportador"

Tereza Cristina, ministra do MAPA

O Dia Mundial do Algodão foi criado a partir do pedido de países africanos produtores de algodão (Benim, Burkina Faso, Chade e Mali) às Nações Unidas com a finalidade de provocar uma reflexão sobre a importância do algodão como mercadoria global. Ainda no evento, Tereza Cristina falou sobre a relevância da OMC para o desenvolvimento de setores produtivos agrícolas e que o órgão é fundamental para comércio internacional justo. “Por essa razão, o Brasil tem sido um membro ativo na OMC, sempre buscando fortalecer o papel conciliador da organização, pautado por isenção e equidade”.

Feira de Anuga

Durante o fim de semana, Tereza Cristina esteve em Colônia, na Alemanha, para marcar presença na Feira de Anuga, conhecida como a maior feira de alimentos e bebidas do mundo. Realizado a cada dois anos, o evento acontece até o dia 9 de outubro, e conta com mais de 100 empresas brasileiras, capitaneadas pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), além da presença Associação Brasileira da Indústria Exportadora de Carne (ABIEC) e Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

Além de ir à Anuga, um dos compromissos de Tereza Cristina foi estreitar relacionamento com a ministra alemã da Alimentação e Agricultura, Julia Klöckner. “Vamos assinar um convênio para que venha recursos da Alemanha para que possamos investir na agricultura familiar, no pequeno produtor, para que ele possa cada vez mais estar inserido no sistema produtivo”, afirmou Tereza Cristina em uma vídeo postado na sua conta do Twitter.

REDAÇÃO GLOBO RURAL

Fonte : GLOBO RURAL