Notícias – Produção vegetal – Fórum debate ações para a agricultura em Rio Verde (GO)

Paulo Khutz -

Foto: Paulo Khutz

O Fórum sobre ‘Fertilidade do solo e nutrição de plantas no sudoeste goiano’ foi realizado no Hotel Blue Tree, em Rio Verde (GO), no dia 9 de junho, promovido pela Federação Brasileira de Plantio Direto e Irrigação (FEBRAPDP) e pela Associado de Pesquisa do sudoeste Goiano (GAPES), com patrocínio da Lindsay/Central Irrigação reuniu produtores rurais, técnicos, extensionistas e representantes públicos de municipios da região.     

Estiveram presentes no Fórum o pesquisador Adriano Stephan Nascente e a analista de transferência Luciene Fróes Camarano, da Embrapa Arroz e Feijão (Santo Antônio de Goiás – GO) que participaram de palestras, debates e atividades sobre os mais variados temas da agricultura de Rio Verde. Na ocasião foi levantado a necessidade de formatação de um plano de ação junto aos agricultores, cooperativas, pesquisadores e técnicos da região, tendo como foco a expansão do Sistema Plantio Direto (SPD) e a ampliação do uso de sistemas irrigados como alternativas para a intensificação e verticalização da produção agropecuária.

O Sistema Plantio Direto (SPD) consiste em um complexo de processos tecnológicos destinados à exploração de sistemas agrícolas produtivos, compreendendo mobilização de solo apenas na linha ou cova de semeadura, manutenção permanente da cobertura do solo, diversificação de espécies e minimização ou supressão do intervalo de tempo entre colheita e semeadura.

Esse sistema deve estar associado à agricultura conservacionista de forma a contribuir para conservação do solo e da água, aumento da eficiência da adubação, incremento do conteúdo de matéria orgânica do solo, aumento na relação benefício/custo, redução do consumo de energia fóssil e do uso de agrotóxicos, mitigação da emissão dos gases de efeito estufa e contribuição para o aumento da resiliência do solo.

Numa abordagem não convencional os sistemas agrícolas, produtivos ou de cultivo contribui permitindo maior oferta ambiental, de acordo com as condições e características da região em que se esta trabalhando.

Outra perspectiva do SPD se refere à produção de biomassa, como por exemplo, na utilização de milho safrinha ou na sucessão soja-milho, consorciando com as braquiárias para a composição do ambiente, bem como, a utilização de palhada para efeito de manejo e controle de plantas daninhas.

Hélio Magalhães (4911 MTb/MG)
Embrapa Arroz e Feijão

Fonte : Embrapa