NOTÍCIAS – Destaques do dia: o que foi notícia nesta terça-feira (20/10)

De segunda a sexta-feira, Globo Rural traz um resumo das principais informações do agronegócio

+Destaques do Dia (Foto: Estúdio de Criação)Boa noite! Confira os destaques desta terça-feira (20/10) no site da Globo Rural.

Acordo Merrcosul-UE

tereza-maria-ceu-encontro (Foto: Nuno Antão)

(Foto: Nuno Antão)

A visita da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, a Portugal, no início deste mês, pode ter sido, de acordo com representates do agronegócio, o primeiro passo de uma estratégia do governo brasileiro para defender a imagem do Brasil na União Europeia, com o objetivo de viabilizar a ratificação do acordo comercial com o Mercosul. Na ocasião, a ministra portuguesa da Agricultura, Maria do Ceu Antunes, manifestou publicamente o apoio do país à conclusão do acordo.

Tarifa zero de importação

agricultura_soja (Foto: Ernesto de Souza/Ed. Globo) 

(Foto: Ernesto de Souza/Ed. Globo)

A isenção de tarifa de importação de soja, milho e derivados de países de fora do Mercosul deve ajudar a conter a alta dos preços desses produtos pelo menos até a entrada da próxima safra no mercado, avalia a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), que representa as processadors de grãos. O Comitê-Executivo de Gestão (Gecex) da Câmara de Comércio Exterior (Camex), órgão do governo federal, anunciou a retirada da cobrança de 8% sobre os grãos na última sexta-feira (16/10).

CBN Agronegócios

Grãos de soja são carregados na Argentina (Foto: Enrique Marcarian/Reuters) 

(Foto: Enrique Marcarian/Reuters)

Ouça na íntegra o CBN Agronegócios, em que o tema foi a importação de soja e milho livre de tarifas, o que reforça a disponibilidade interna. A medida anunciada pelo governo a pedido da indústria de carnes deve ajudar a conter a alta dos grãos e seus derivados.

Café para a China

saca de café grão (Foto: Getty Images) 

(Foto: Getty Images)

O consumidor chinês de café é mais jovem, vive principalmente nas regiões costeiras, compra mais o produto solúvel e com leite. Para o exportador brasileiro que deseja ampliar seus embarques ao país asiático, o ideal é focar nesse tipo de produto e nesse consumidor, e também fazer um acordo para que o grão seja torrado por um parceiro local. É o que indica um estudo da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) em Xangai, em parceria com a InvestSP.

Abate de gado cai no MT

Boi, nelore, gado (Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Após cair 3,2% em agosto, o abate de gado no Mato Grosso registrou sua segunda queda consecutiva em setembro, com uma redução de 1,8%, segundo dados do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado (Indea) compilados pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). A falta de animais e alto preço do boi estão entre os motivos para redução no volume da indústria no maior Estado produtor de carne do país.

Leilões gaúchos da raça angus

criação-boi-touro-angus (Foto: Divulgação) 

(Foto: Divulgação)

A procura pela genética angus continua intensa. Todos os leilões da raça fecham com as pistas limpas, ou seja, nenhum exemplar retorna para as cabanhas gaúchas, e as médias invariavelmente superam às da temporada de 2019.

Plataformas de orgânicos

Internet e ambiente virtual impulsionam vendas de orgânicos a consumidores de São Paulo na quarentena (Foto: Getty Images) 

(Foto: Getty Images)

A Organis, entidade de promoção de produtos orgânicos, lançou uma plataforma online com a intenção de conectar consumidores, serviços e produtores. Além de mapear a produção, o onde.organic permite localizar com facilidade as opções mais próximas. A entidade também divulgou resultado de enquete apontando que o consumo de orgânicos cresceu 44,5% durante a pandemia.

Desmatamento ilegal e agro responsável

queimada-mt-greenpeace (Foto: Christian Braga/Greenpeace) 

(Foto: Christian Braga/Greenpeace)

O desmatamento ilegal não beneficia agro responsável e exportador. É o que afirma Gilberto Câmara, diretor do GEO, grupo ligado à ONU, que avalia que sistema de monitoramento por satélite no Brasil é confiável, mas há preocupações em relação à política de combate à degradação ambiental.

Onça queimada no Pantanal volta à natureza

Onça volta à natureza após queimaduras no Pantanal (Foto: Divulgação) 

(Foto: Divulgação)

A onça que se tornou um dos símbolos do impacto dos incêndios no Pantanal na fauna brasileira voltou à natureza nesta terça-feira (20/10). Batizado de "Ousado", o animal foi tratado por quase 40 dias até se recuperar das queimaduras sofridas em Porto Jofre, município de Poconé, no Mato Grosso. Confira o vídeo.

REDAÇÃO GLOBO RURAL

Fonte : GLOBO RURAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *