NOTÍCIAS – Destaques do dia: o que foi notícia nesta terça-feira (2/2)

De segunda a sexta-feira, Globo Rural traz um resumo das principais notícias do agronegócio

Destaques do Dia (Foto: Estúdio de Criação)

Boa noite! Confira os destaques desta terça-feira (2/2) no site da revista Globo Rural.

Bancada Ruralista

politica-posse-presidente-fpa (Foto: FPA) 

(Foto: FPA)

Com a ausência inesperada do novo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), foi empossado nesta terça (2/2) como presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) para o biênio 2021/2022 o deputado federal Sérgio Souza (MDB-PR). Lira, que é pecuarista e disputou o cargo de presidente com Baleia Rossi, do mesmo partido de Souza, havia anunciado sua presença na cerimônia, mas desmarcou poucos minutos antes.

Incentivos sustentáveis

Tom Vilsack, novo secretário de agricultura dos EUA (Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

No cinturão agrícola dos Estados Unidos, incentivos funcionarão mais do que punições para alcançar a meta do governo de zerar as emissões líquidas de CO2 no país, diz Tom Vilsack, indicado pelo presidente Joe Biden para comandar o Departamento de Agricultura do país (USDA). "Se for algo voluntário e baseado em incentivos, você verá produtores e pecuaristas cooperarem extensivamente", disse ele em sua audiência de confirmação na Comissão de Agricultura do Senado.

Colheita lenta

colheita-soja-mato-grosso (Foto: José Medeiros/Ed. Globo)

(Foto: José Medeiros/Ed. Globo)

Boletim divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) nesta terça-feira (2/2) aponta avanço tímido na colheita da soja e atraso na semeadura de milho segunda safra e algodão, principalmente no Mato Grosso. No estado, segundo a Conab, só 4,9% da área de soja foi colhida – o total era de 25% no ano anterior. Além disso, o estado plantou apenas 2,9% da segunda safra de milho.

Piora nas lavouras do PR

agricultura-soja (Foto: Reuters) 

(Foto: Reuters)

O indicador de colheita de soja 2020/21 do Paraná seguia zerado após um atraso no plantio por seca e agora por chuvas, que dificultam a entrada das máquinas nos campos, de acordo com dados publicados nesta terça-feira pelo Departamento de Economia Rural (Deral), do governo paranaense.

criação_suínos_porcos (Foto: Rogério Albuquerque / Editora Globo)

(Foto: Rogério Albuquerque / Editora Globo)

A Administração de Supervisão do Mercado da Cidade de Jinhua, região central da China, reportou no início desta semana a detecção do novo coronavírus em mais um lote de carne brasileira, desta vez exportada pela BRF. Em nota, a BRF informou que não foi comunicada do incidente.

CTC na bolsa

cana-canavial (Foto: Thinkstock)

(Foto: Thinkstock)

O Centro de Tecnolovia Canavieira (CTC) informou que apresentou na segunda-feira retomada do pedido de registro para uma oferta pública de distribuição de ações (IPO, na sigla em inglês). A oferta, a ser realizada no Brasil, teria parcela primária, de emissão de novas ações, e secundária, com venda de papéis dos atuais acionistas, segundo comunicado do CTC nesta terça-feira.

Arroba do boi

Criação de gado em Paulínia (SP) 01/07/2017  (Foto: Paulo Whitaker/Reuters)

(Foto: Paulo Whitaker/Reuters)

O preço do boi gordo superou a marca de R$ 300 por arroba, apontou o indicador Cepea/B3 na segunda-feira (1/2), novo recorde da série histórica iniciada em 1994. O motivo é a baixa oferta de animais prontos para abate e demanda externa aquecida.

Feiras canceladas

Agrishow (Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Diante do avanço dos casos de Covid-19 no Brasil, da lentidão na vacinação e da necessidade de evitar aglomerações, 11 das 17 feiras agropecuárias marcadas para o primeiro semestre deste ano já foram canceladas pelos organizadores. Agrishow, em Ribeirão Preto (SP); Expozebu, em Uberaba (MG) e Rondônia Rural Show, em Ji-Paraná (RO), são as que ainda mantêm a expectativa de realizar os eventos de forma presencial.

Safra e Safrinha

Cachorrinha resgatada no MS (Foto: Fundação MS/Divulgação) 

(Foto: Fundação MS/Divulgação)

Resgatadas do abandono, duas cachorrinhas, batizadas de Safra e Safrinha, ganharam não apenas um novo lar, como também um "emprego". Foram "admitidas" como voluntárias, com direito a crachá de identificação, pela Fundação MS, empresa sul-mato-grossense sem fins lucrativos para pesquisa e difusão de tecnologias agropecuárias.

REDAÇÃO GLOBO RURAL

Fonte : GLOBO RURAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *