NOTÍCIAS – Destaques do dia: o que foi notícia nesta segunda-feira (10/5)

De segunda a sexta-feira, Globo Rural traz um resumo das principais informações do agronegócio

Destaques do Dia (Foto: Estúdio de Criação)

Boa noite! Confira os destaques desta segunda-feira (10/5) no site da Revista Globo Rural.

Orçamento paralelo

Prédio do Congresso Nacional em Brasília (Foto: Ueslei Marcelino/Reuters)

(Foto: Ueslei Marcelino/Reuters)

O líder da oposição na Câmara, Alessandro Molon (PSB-RJ), afirmou nesta segunda-feira (10/5) que vai pedir uma investigação ao Ministério Público Federal (MPF) e ao Tribunal de Contas da União (TCU) acerca de um suposto esquema de compra de tratores e maquinários com recursos de emendas parlamentares por fora dos controles orçamentários para privilegiar aliados do presidente Jair Bolsonaro no Congresso.

"Diante das gravíssimas denúncias de que o governo Bolsonaro teria criado um orçamento paralelo para montar uma base aliada no Congresso via toma lá da cá, vamos representar ao TCU e MPF para que investiguem o ‘Bolsolão’", disse o parlamentar, no Twitter.

Roubo de madeira na Embrapa

Madeira-acapú-roubo (Foto: Divulgação/Embrapa Amazônia-Oriental)

(Foto: Divulgação/Embrapa Amazônia-Oriental)

Invasões recorrentes a uma importante área de pesquisa da Embrapa Amazônia Oriental, no Pará, já resultaram em perdas de mais de 15 mil árvores e um prejuízo irreparável à biodiversidade local, segundo os pesquisadores.

A mais recente invasão ocorreu na última terça-feira (4/5), quando funcionários da estatal flagraram criminosos com toras de acapú — árvore típica da região — prontas para transporte em unidade de preservação localizada em Moju, município paraense a cerca de 200 quilômetros de Belém. No local, um angelim-vermelho com mais de cem anos também foi alvo dos criminosos e derrubado.

Década de soja e milho

bunge-porto-Pará-Miritituba (Foto: Heryka Cilaberry/Wikimedia Commons)

(Foto: Heryka Cilaberry/Wikimedia Commons)

As exportações de soja e milho pelos portos do Arco Norte do Brasil chegaram a 42,3 milhões de toneladas no ano passado, um crescimento de 487,5% em comparação com 2009. A informação está em um levantamento divulgado nesta segunda-feira (10/5) pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

Para o vice-presidente da CNA e presidente da Comissão Nacional de Infraestrutura e Logística da entidade, Mário Borba, a situação mostra a importância de se investir em obras para reduzir o custo do transporte no Brasil.

Exportações em maio

A média diária de exportação de soja do Brasil alcançou 938,4 mil toneladas na primeira semana de maio, alta de 33% ante o mesmo mês de 2020, mostraram dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) nesta segunda-feira (10/5).

Com isso, o maior produtor e exportador global da oleaginosa mantém o ritmo firme de embarques que foi verificado em semanas anteriores, quando a média diária ficou perto de 1 milhão de toneladas.

Preço do desmatamento

Fogo, queimada, Amazônia, Altamira, floresta, Pará, BR-163, rodovia, desmatamento  (Foto: Emiliano Capozoli/Ed.Globo)

(Foto: Emiliano Capozoli/Ed.Globo)

A pesquisa, publicada na revista científica "Nature Communications", durou três anos e foi feita pelo Centro de Sensoriamento Remoto da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em parceria com a Universidade Federal de Viçosa (UFV) e a Universidade de Bonn, na Alemanha.

Considerando dados entre 1999 e 2019, o pesquisadores estimam que, até 2050, as perdas podem chegar a US$ 5,6 bilhões (R$ 29,2 bilhões) na produção de soja e a US$ 180,8 bilhões (R$ 943,7 bilhões) para a produção de carne.

Menos milho

Colheita de milho em Santo Antonio do Jardim, interior de São Paulo (Foto: REUTERS/Paulo Whitaker)

(Foto: REUTERS/Paulo Whitaker)

A consultoria AgRural divulgou nesta segunda-feira (10/5) um novo corte em sua estimativa de produção na safrinha de milho em 2021.

Projetada em 73 milhões de toneladas em 19 de abril, quando foi feito um corte de 2,4 milhões de toneladas em comparação com março, a produção do Centro-Sul é estimada agora em 65,1 milhões de toneladas.

Ela apostou no lúpulo

lúpulo-fazenda-chacra-fernandez-oro-argentina (Foto: Mariana Grilli/Ed Globo)

(Foto: Mariana Grilli/Ed Globo)

Agrônoma graduada na Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Botucatu, Mariana Mendes Fagherazzi ainda fazia mestrado sobre o milho quando teve o primeiro contato com o lúpulo.

Ao decidir encarar o doutorado, a pesquisadora defendeu sua tese sobre Adaptabilidade em Cultivares de Lúpulo, sendo uma das primeiras doutoras formadas em Produção Vegetal com este objeto de estudo. “Em outubro de 2017, coloquei essas plantas no chão e, a partir de então, conseguimos atingir vários objetivos, como difundir o plantio da região”, lembra.

Tratores da Case IH

Novos tratores de alta potência Magnum AFS Connect, fabricados pela Case IH e voltados para os médios e grandes produtores (Foto: CaseIH/Divulgação)

(Foto: CaseIH/Divulgação)

Os novos tratores de alta potência Magnum AFS Connect, fabricados pela Case IH e voltados para os médios e grandes produtores de grãos – como soja e milho -, algodão e cana, prometem uma experiência de conectividade total entre máquina, operador, produtor, agrônomo e concessionário.

Os tradicionais Magnum, lançados no Brasil no final da década de 1990, agora saem de fábrica equipados com monitor, sistema operacional, receptor e hardware novos que permitem a transmissão em tempo real de dados agronômicos e da máquina para o gestor, além do compartilhamento com parceiros e empresas.

Uvas argentinas

uva (Foto: Pixabay)

(Foto: Pixabay)

O Ministério da Agricultura aprovou o Sistema de Mitigação de Riscos (SMR) para o controle da praga Lobesia botrana em uvas produzidas na Argentina.

A medida vai facilitar a exportação de uvas frescas argentinas para o mercado brasileiro, já que o produto não precisará mais passar por bromação, informou a agência de notícias Télam.

REDAÇÃO GLOBO RURAL

Fonte : Globo Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *