NOTÍCIAS – Destaques do dia: o que foi notícia nesta quinta-feira (29/10)

De segunda a sexta-feira, Globo Rural traz um resumo das principais informações do agronegócio

  • Destaques do Dia (Foto: Estúdio de Criação)Boa noite! Confira os destaques desta quinta-feira (29/10) no site da Globo Rural.

Milho faz indústria reduzir produção de carne

Exportação maior, produção animal e etanol fortalecem cenário para o milho brasileiro (Foto:  ) 

(Foto: Divulgação)

A valorização do milho, cujo indicador Esalq/BM&FBovespa atingiu o recorde histórico de R$ 81,48 pela saca de 60 quilos de milho nesta semana, deve se manter em alta mesmo após a colheita da safra 2020/2021. A perspectiva já faz a indústria de carne reduzir a produção diante do aumento no custo para alimentar os animais.

Recordes nos preços do bezerro e do boi

BOI TIAO (Foto: BOI TIAO)

(Foto: Divulgação)

A baixa oferta de gado de reposição tem feito com que os preços batam recordes reais este ano. Conforme relatório do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq-USP), na parcial de outubro do indicador Cepea o bezerro negociado em Mato Grosso do Sul registra média de quase R$ 2,3 mil, valor 26% superior ao preço de janeiro.

Inspeções à distância

Frigoríficos da JBS na pandemia (Foto: JBS/Divulgação)

(Foto: JBS/Divulgação)

As inspeções sanitárias chinesas realizadas por videoconferência, que resultaram na recente reabilitação das exportações de dois dos oito frigoríficos suspensos pelo país no início da pandemia de Covid-19, deverão ajudar na liberação de novos produtos de exportação para o mercado chinês.

Segundo chefe do núcleo China do Ministério da Agricultura, medida para fiscalização de frigoríficos será usada na liberação e venda de outros produtos.

Mulheres na agricultura familiar

ONU-agricultura-familiar-mulher-horta-semiarido (Foto: Divulgação/ONU) 

(Foto: Divulgação/ONU)

Uma análise do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) mostra que a participação feminina na agricultura familiar vem aumentando nos últimos anos, aponta publicação divulgada nesta quinta-feira (29) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Segundo o estudo, a atividade de mulheres chegou a 80% em comparação à masculina em 2019.

Negócios, inovação e inclusão das mulheres no agro

Congresso Nacional de Mulheres do Agronegócio (Foto: CNMA/Divulgação)

(Foto: CNMA/Divulgação)

O 5º Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio terminou nesta quinta-feira (29/10) com três mesas-redondas internacionais para discutir as perspectivas para o agronegócio nos próximos anos, dos pontos de vista econômico, tecnológico e social.

Ampliação no Porto de Rio Grande

Porto de Rio Grande (RS) (Foto: Divulgação)

Porto de Rio Grande (RS) (Foto: Divulgação)

O Porto de Rio Grande (RS) passará a receber navios de até 366 metros de comprimento após a conclusão de obras de dragagem que duraram dois anos, com investimento federal de R$ 500 milhões. O novo calado foi homologado na segunda-feira (26/10).

Campo sem internet

Agricultores familiares (Foto: Secretaria de Agricultura do México/Divulgação)

(Foto: Secretaria de Agricultura do México/Divulgação)

Ao menos 77 milhões de pessoas vivem sem padrões mínimos de qualidade para o acesso à internet em áreas rurais da América Latina e Caribe. Na região, 46 milhões de moradores do campo estão desconectados, o que dificulta os negócios, a evolução da produtividade nas lavouras e ações de educação e capacitação em lugares afastados dos grandes centros.

Harmonia com a floresta

O engenheiro agrônomo Jailson Takamatsu cultiva dendê, açaí e cacau em sistema agroflorestal (Foto: Fernando Martinho) 

(Foto: Fernando Martinho)

Há 90 anos instalada na Amazônia, a cooperativa Agrícola Mista de Tomé-Açu, formada por colonos japoneses, descobriu que imitar a natureza seria a salvação da produção agrícola.? Após dificuldades com a monocultura, cooperados começaram a descobrir, nos anos 1970, que imitar as estratégias e soluções da natureza era o caminho a seguir. Era o embrião do sistema agroflorestal de Tomé-Açu. ?

Xuxa pelo veganismo

Xuxa, madrinha de campanha de doação de alimentos veganos (Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Para marcar o Dia Mundial do Veganismo, no próximo domingo (1/11), a organização internacional Million Dollar Vegan irá distribuir mais de 12,3 mil refeições à base de vegetais em cidades do Brasil, México e Argentina. Xuxa foi nomeada a madrinha da campanha, em que serão doadas o equivalente a 5,3 mil refeições em alimentos 100% vegetais apenas no Brasil, em uma ação que terá apoio da Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB).

Bancada Ruralista rebate Anitta

Anitta (Foto: Twitter/Reprodução)

Anitta (Foto: Twitter/Reprodução)

A Bancada Ruralista no Congresso saiu em defesa do governo do presidente Jair Bolsonaro e respondeu a comentários feitos pela cantora Anitta nas redes sociais sobre produção de alimentos e uso de agrotóxicos. A cantora escreveu no Twitter que o "raciocínio" do governo federal é "liberar os venenos todos na comida" e deixar "que se danem os produtores orgânicos".

REDAÇÃO GLOBO RURAL

Fonte : GLOBO RURAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *